3 pontos!

Com presença de 50 mil gremistas, Grêmio vence Vasco de virada na reestreia de Renato Portaluppi

Com o resultado, Tricolor permanece na terceira colocação, com 50 pontos

11 SET 2022 18:01 | Atualizado em 11 SET 2022 18:01 Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense

Mais de 50 mil gremistas estiveram presentes na tarde deste domingo, 11, na Arena para embalar a equipe para mais uma vitória no Campeonato Brasileiro Série B. O resultado foi ainda mais especial para os Tricolores, que viram Renato Portaluppi na casa mata do Grêmio, comandando o time.  

A partida terminou em 2 a 1, com o Tricolor vencendo de virada. Os gols foram marcados no primeiro tempo por Bitello e Thaciano. 

Com o resultado, o Grêmio permanece na terceira colocação, com 50 pontos, abrindo uma vantagem de cinco em relação ao Vasco e mais próximo do Bahia, um ponto em relação ao segundo colocado.  

Na escalação, sem surpresas, já que o comandante gremista manteve a formatação da equipe. Dentro de campo, logo nos primeiros segundos de partida, o Grêmio já pressionou o time vascaíno. Diego Souza, da entrada da grande área, tentou pifar Biel, mas a bola acabou indo direto pela linha de fundo.  

Logo depois, foi a vez do Vasco chegar ao ataque. Aos três minutos, após algumas tentativas de bolas alçadas na área, a defesa tirou, mas a bola sobrou para Léo Matos, que bateu forte, e acertou a meta de Brenno. 

Com o embalo da torcida, o Tricolor seguiu tentando encontrar o gol. Aos sete, Edilson deu um passe em profundidade para Campaz, que avançou e acabou sentindo a coxa direita e teve de deixar a partida. Thaciano entrou na vaga do camisa 7.  

Não demorou muito para a insistência gremista surtir efeito. Com 10’ jogados, Edilson avançou pela linha de fundo e cruzou. A bola passou por todo mundo e sobrou para Bitello, que, da entrada da grande área, chutou. A finalização desviou na defesa e foi parar no fundo das redes.  

Os 50 mil gremistas cantavam e empurravam a equipe para o ataque. Aos 16’, Biel recebeu na intermediária e avançou, com rapidez, ao ataque. O camisa 17 chutou de fora da área, mas a bola acabou desviando na defesa da equipe carioca. Enquanto isso, o goleiro Brenno pouco trabalhava, já que a marcação gremista era alta e dificultava as ações adversárias.  

A virada veio ainda no primeiro tempo, aos 19’. A jogada iniciou com Thaciano, que passou para Biel, armando o contra-ataque. O camisa 17 então pifou Thaciano, pela direita, que bateu firme, para o fundo das redes.  

O ponteiro passava e só dava Grêmio. Com 22’ jogados, foi a vez de Bitello tentar marcar mais um. O meia chutou uma bomba de fora da área. A finalização foi no travessão. Segundos depois, Thaciano recebeu pela direita, dentro da área, e bateu cruzado, faltando pouco para a bola entrar. 

Quando a partida chegava na primeira meia hora, Brenno realizou uma defesa incrível, à queima roupa. Dentro da pequena área, após cruzamento, Nenê bateu, mas o arqueiro Tricolor estava lá para salvar a meta. Após o lance, poucas chances de gol foram criadas. 

Na segunda etapa, Renato Portaluppi não modificou a equipe e, assim como no primeiro tempo, o Tricolor iniciou pressionando. 

Em segundos de jogo, Biel já avançou pela direita, até a linha de fundo e cruzou para Guilherme. Porém, a defesa conseguiu afastar. Logo depois, Biel, novamente, cruzou, mas pelo alto, tentando encontrar Diego Souza, que cabeceou, mas o goleiro vascaíno defendeu. Um minuto após o segundo lance, foi a vez de Thaciano cruzar na cabeça do camisa 29, que mandou para fora.  

Após o começo avassalador, os minutos seguintes foram sem grandes lances de perigo, com muitas faltas no meio de campo. Por conta disso, Renato realizou as primeiras mudanças, aos 23’. Bitello e Thaciano saíram para as entradas de Thiago Santos e Lucas Leiva. 

O ponteiro passava dos 26’, quando Brenno precisou realizar uma grande defesa. Após cobrança de escanteio, Andrey cabeceou e o arqueiro gremista não deixou a bola entrar na meta, salvando a equipe gremista. 

Com 30’ jogados, Lucas Leiva avançava para dentro da área, para marcar o terceiro, quando foi derrubado. A arbitragem não revisou o lance e a partida seguiu. 

Aos 42’, Elkeson e Lucas Silva entraram nas vagas de Diego Souza e Guilherme. 

O ponteiro chegava aos 47’, quando Edilson tentou surpreender o goleiro adversário, com um chute forte de fora da área, mas a bola foi para fora. No minuto final, ainda deu tempo de Biel receber dentro da área e chutar cruzado, mas o arqueiro vascaíno defendeu.  

Ao som de “Grêêmio, Grêêmio” o árbitro apitou o final da partida: Grêmio 2x1 Vasco.