Justiça

Grêmio e STJD firmam acordo sobre notícia de infração a respeito dos cânticos discriminatórios

Com a decisão, Clube não será julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva

28 JUN 2022 13:31 | Atualizado em 28 JUN 2022 13:34 Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense

O Grêmio e o STJD firmam acordo sobre a transação disciplinar proposta pela Procuradoria da Justiça Desportiva em relação a incidentes relatados sobre cânticos discrimatórios na partida entre Grêmio x Cruzeiro, ocorrido no dia 8 de maio. Com o acordo, o Clube não irá a julgamento no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), como havia sido previsto em função da discordância com o valor da multa.

O deferimento foi concedido nesta terça-feira, 28, pelo Auditor Relator Maurício Neves Fonseca após o aceite da Procuradoria em reduzir o valor da multa, atendendo o pleito do Grêmio,  defendido pelo advogado do  departamento de futebol, Jorge Petersen. 

O Clube não aceitou a proposta  inicial por discordar do valor da multa indicada  pela Procuradoria, que sugeriu valores iguais aos apontados  para o Cruzeiro. O Grêmio  entendeu que as situações foram distintas, já que a torcida do clube mineiro proferiu cinco vezes cânticos e gritos de cunho  homofóbicos e envolvendo maior quantidade de pessoas. Por outro lado, o Grêmio  foi denunciado em função de uma única manifestação proferida por um  pequeno grupo de torcedores. 

Além da multa, o acordo também prevê ações de conscientização e combate à LGTFOBIA a partir da próxima partida na Arena, contra o Náutico, dia 8 de julho. Porém, por iniciativa do Grêmio e do Clube de Todos, projeto gremista que institiu políticas de inclusão e de conscientização  contra atos de intolerância e de discriminação racial,  ações de conscientização e alusivas ao Dia Mundial do Orgulho  LGBTQIA+ serão implementadas na partida desta terça, contra o Londrina para marcar a data e reforçar o posicionamento do Tricolor  em relação ao tema. 

O patch da partida, que estará fixado  na camisa dos atletas, terá uma arte com a frase do movimento. Dentro de campo, as bandeirinhas de escanteio estarão com as cores do movimento LGBTQIA+, assim como a braçadeira de capitão do zagueiro Pedro Geromel será alusiva à data. 

O Grêmio reitera seu compromisso institucional em promover ações de conscientização e educativas sobre a importância e o respeito pela diversidade e contra toda e qualquer ato de  discriminação racial, homofóbica, de classe social e  credo religioso.