Gauchão

Grêmio fica no 1 a 1 com o Juventude e segue líder invicto do Estadual

Nicolas marcou o gol de empate gremista nos acréscimos

13 FEV 2022 21:17 | Atualizado em 13 FEV 2022 21:35 Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense

Na noite deste domingo, na Arena, Grêmio e Juventude empataram em 1 a 1 em partida válida pela 6ª rodada do Campeonato Gaúcho. Os gols foram marcados na etapa final: os visitantes saíram na frente com Capixaba, mas o Grêmio buscou o empate nos acréscimos com gol marcado pelo lateral-esquerdo, Nicolas. Com esse resultado, o Grêmio manteve a invencibilidade e a liderança na competição.

A primeira oportunidade foi criada pelo Tricolor logo aos 5 minutos: Benítez fez o passe para Ferreira, pela esquerda. Ele cortou a marcação e chutou no ângulo esquerdo, mas o goleiro Cesar fez grande defesa.

Parecia um início promissor do Grêmio, mas o adversário, bem fechado, dificultou as coisas, optando pelo contra-ataque.

Aos 14, o Juventude chegou pela primeira vez: Diogo Barbosa errou o passe pelo lado esquerda de defesa do Grêmio. Jadson invadiu pelo meio e deu pra Capixaba, na direita. Ele ajeitou e chutou rente ao poste esquerdo de Brenno.

O Tricolor só foi levar perigo outra vez aos 26 minutos: Benítez recebeu de Diogo Barbosa, na intermediária, pelo lado esquerdo. Com confiança, soltou a bomba que passou muito perto do ângulo direito, dando na rede pelo lado de fora.

Os caxienses deram o troco no lance seguinte: Guilherme Parede recebeu na esquerda, trouxe a bola para o meio e soltou a bomba. Brenno fez boa defesa no canto direito.

Aos 37, novamente o Juventude: Moraes pegou a bola na intermediária, pela esquerda, e arriscou o chute forte. A bola rasante foi no canto esquerdo. Brenno se esticou todo e fez grande defesa.

Quatro minutos depois, Janderson levou ao fundo de campo pela direita e cruzou. Thiago Santos meteu a cabeça na pequena área e Cesar fez um milagre, mas o árbitro apontou impedimento na origem do lance.

Aos 44, o Tricolor quase abriu o marcador: Thiago Santos invadiu com a bola dominada, não recebeu a marcação, entrou na área pela direita e mandou o chute de bico. Cesar fez a defesa no ângulo esquerdo. No rebote, Lucas Silva cruzou rasteiro e Ferreira perdeu, chutando por sobre o travessão. No chute do volante gremista, a bola desviou na mão do zagueiro. Penalidade máxima não marcada, pois não há VAR na primeira fase do Estadual.

A melhor oportunidade veio nos acréscimos: Benítez cobrou escanteio da esquerda no segundo pau. Diego Souza subiu mais que todo mundo e meteu a cabeça. A bola explodiu no travessão. Foi o último lance dos primeiros 45 minutos.

Grêmio e Juventude voltaram para etapa final sem modificações.

Sem nenhum lance relevante, aos 8 minutos, Vagner Mancini colocou Gabriel Silva no lugar de Ferreira, que saiu sentindo uma lesão na virilha.

O Juventude quase marcou aos 18 minutos: após escanteio da direita, Lucas Silva cortou de cabeça pra entrada da área. Moraes pegou a sobra de primeira e Brenno fez a defesa espalmando pro lado.

No lance seguinte, Diego Souza fez o pivô e deixou para Gabriel Silva que mandou de chapa, buscando o canto esquerdo. Cesar se esticou e fez a defesa.

Aos 20, Mancini colocou Villasanti e Rodrigues nas vagas de Lucas Silva e Orejuela, respectivamente.

O jogo ficou lá e cá, mas sem maiores perigos de gol.

Aos 32, Benítez tabelou com Diego Souza e rolou para Janderson, que chegou batendo, pelo lado direito. A bola subiu demais e passou por sobre o travessão.

No lance seguinte, Diego Souza fez o papel de pivô novamente, dentro da área. Benítez chegou batendo e Cesar fez um milagre defendendo parcialmente e depois agarrando firme antes da chegada de Rodrigues.

Aos 35, num contra-ataque, o Juventude abriu o marcador: Jadson recebeu na direita, ao lado da área, e rolou atrás para Capixaba, que dominou e colocou no canto direito. A bola passou por Brenno e Diogo Barbosa, morrendo no fundo das redes. Juventude 1 a 0.

Imediatamente, Mancini foi para a última cartada: promoveu as entradas de Rildo e Nicolas nos lugares de Benítez e Diogo Barbosa.

As modificações surtiram efeito nos acréscimos da partida: aos 46, Nicolas cobrou um arremesso lateral ao lado da área, pela esquerda. A defesa cortou de cabeça e a bola voltou exatamente para Nicolas, que chutou forte, rasteiro, em diagonal, do bico da grande área. A bola passou por todo mundo e morreu no canto esquerdo de Cesar, que nem se mexeu. Golaço de empate pro Grêmio!

O Tricolor ainda se atirou em busca da virada, mas não teve tempo. Final de jogo, empate em 1 a 1 na Arena.

O Grêmio volta a campo na quarta-feira para enfrentar o União Frederiquense, em Frederico Westphalen.

 

Fotos: Lucas Uebel

Grêmio x Juventude - Campeonato Gaúcho 2022 - 13/02/2022