Despedida

Maicon é homenageado na Arena e se despede do Grêmio em entrevista coletiva

Um dos maiores ídolos da história recente do Grêmio, atleta recebe homenagem do presidente Romildo Bolzan

08 SET 2021 16:00 | Atualizado em 08 SET 2021 16:11 Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense

O volante Maicon, um dos maiores ídolos da história recente do Tricolor, foi homenageado na tarde desta quarta-feira na Arena. O atleta foi recebido pelo presidente Romildo Bolzan, no auditório da Arena, e foi presenteado com uma placa de homenagem pelas seis temporadas que defendeu o Clube, liderando o Tricolor nas conquistas dos últimos anos, além de uma camisa com o número de jogos que vestiu azul, preto e branco. Também marcaram presença o vice-presidente de futebol Marcos Herrmann, o executivo Diego Cerri, o coordenador técnico Marcelo Oliveira e o CEO Carlos Amodeo.

Maicon, que esteve acompanhado da esposa Lyvia Souza e das duas filhas, Gabrielly, 12 anos, e Alícia, 5, gaúcha nascida em Porto Alegre e, antes de iniciar a homenagem, o volante assistiu a um vídeo produzido pela GrêmioTV, com momentos marcantes que viveu no Grêmio, iniciando pela apresentação, em 2015, até a temporada atual. Logo após, se sentou à mesa do auditório ao lado do presidente Romildo Bolzan e recebeu as homenagens.

O mandatário gremista relembrou a contratação do atleta, os desafios encontrados na época e o que jogador trouxe ao Grêmio, dentro e fora de campo, se tornando um dos responsáveis pelas reconquistas do Clube nos últimos anos. "Se o Grêmio em algum momento jogou o melhor futebol do Brasil, ele tinha um maestro, um líder, um exemplo técnico e tático, um estilo que dava certo porque tinha os jogadores certos... Mas tinha um líder", disse.

Na sequência, emocionado, o capitão do pentacampeonato da Copa do Brasil, que, ao lado dos companheiros, recolocou o Grêmio no caminho das conquistas, fez os agradecimentos e se declarou ao Grêmio. No Grêmio, Maicon teve a sua carreira mais longeva, atuando em 248 jogos,  com 15 gols e conquistando os maiores títulos da trajetória profissional. 

 


"São quase sete anos que estou em Porto Alegre. Cheguei em um dos momentos mais difíceis da minha carreira, mas com a confiança de que eu poderia chegar aqui e mostrar tudo o que mostrei. Não vim me despedir porque eu tenho certeza que um dia ainda vou voltar aqui de alguma maneira", disse, em lágrimas. Logo após, o atleta atendeu as perguntas da imprensa, em coletiva que foi transmitida ao vivo pela GrêmioTV.

Apresentado em 2015, o volante defendeu o Tricolor em seis temporadas. Neste período, conquistou a Copa Libertadores da América, a Copa do Brasil como capitão, a Recopa Sul-Americana, o Tetracampeonato Gaúcho e o Bicampeonato da Recopa Gaúcha. Suas qualidades como atleta e como cidadão marcaram época e fizeram de Maicon um ídolo da Nação Gremista, sendo convocado para deixar seus pés eternizados na Calçada da Fama.

Fotos: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Coletiva Maicon - 08/09/2021