AÇÃO DO BEM!

Consulado do Grêmio de São Paulo realiza ação social junto a comunidade de Paraisópolis

O projeto, desenvolvido em parceria com a ONG Route Brasil, já beneficiou centenas de famílias da comunidade paulista 

29 SET 2020 10:48 | Atualizado em 29 SET 2020 12:23 Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense

Em tempos tão difíceis, ações de solidariedade são fundamentais. 

O Consulado do Grêmio de São Paulo sabe disso e em parceria com a ONG Route Brasil, se mobilizou e desenvolveu um projeto social junto à comunidade de Paraisópolis, localizada na capital paulista. 

No último dia 14 de setembro, o grupo de gremistas beneficiou cerca de 100 famílias, realizando a entrega de cestas básicas. 

Segundo a diretora regional consular de SP, Andrea Ladvig, sempre foi uma preocupação do consulado ser também um vetor de transformação social. “Com o avanço e efeitos colaterais da pandemia, vimos um cenário urgente para que pudéssemos contribuir. E a parceria com Route Brasil propiciou que além de doar alimentos, pudéssemos ser efetivos na educação e conscientização socioambiental. Foi incrível acolher e ser acolhido. Famílias inteiras que estão sendo impactadas com a nossa ajuda humanitária, que veio de todos os cantos do Brasil”, destacou.

No próximo mês, será realizada a segunda fase do projeto, com a entrega de um crédito para consumo das famílias no comércio local. A equipe também visitará as residências para dar continuidade ao atendimento à população.

Quem deseja contribuir com esta ação social, pode conferir mais informações no site https://routecomunidade.org/gremiosp/.

Outras iniciativas já estão sendo programadas para os próximos meses. Em especial para o dia 12 de outubro, o consulado fará a entrega de brinquedos para crianças carentes.

Conheça o Projeto

O Consulado do Grêmio de São Paulo/SP, em parceria com a ONG Route Brasil, conceituada no âmbito socioambiental, através do projeto Route Comunidade, proporciona a doação de cestas básicas para famílias da maior comunidade paulista, Paraisópolis, cadastradas no programa G10 favelas. Além de serem contempladas com alimentos, a população também recebe orientações sobre questões de conscientização sócio-ambiental.

Todas as cestas básicas são elaboradas de acordo com o balanço nutricional, levando em consideração o perfil populacional da região. Cada família recebe uma cartilha de como fazer o descarte correto das embalagens e após 40 dias, o grupo de voluntários do projeto recolhe os itens descartados de cada residência.

Quem segue as orientações recebe um cartão com um crédito para consumo no comércio local. 

O programa é coordenado pela  Route Brasil e pelo Consulado gremista. Toda a distribuição é realizada seguindo rigorosamente os protocolos da OMS.

 

Fotos: Mara Jane | Route Brasil