Gauchão

Em agradecimento à torcida, "Unidos para o que der e vier" entra em campo neste domingo

Espírito colaborativo gremista será levado para o CT Presidente Hélio Dourado em forma de ações durante o jogo contra o Ypiranga de

25 JUL 2020 16:19 | Atualizado em 25 JUL 2020 21:35 Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense

A união é a expressão máxima do sentimento que move a instituição gremista. Uma palavra simples, mas carregada de significado ao ser aplicada na convergência de pensamentos, desejos, esforços e especialmente solidariedade. É no entendimento desse conceito e também inspirado na genialidade de  Lupicínio Rodrigues em versos do hino gremista tão atuais,  diante das adversidades impostas pela maior crise da história contemporânea com a pandemia do Coronavírus e seus efeitos, que o Clube reedita o movimento “Unidos para o que der e vier”. O objetivo é reforçar o comprometimento do Grêmio  com a sua torcida e tudo o que representa a garra e a força do Tricolor, ao mesmo tempo em que se configura como uma forma de agradecimento ao apoio e à adesão de milhões de gremistas que se “uniram” em torno da instituição para solidificar o propósito de se manter  forte e coeso durante a travessia desse momento de crise.

“O jogo deste domingo será o momento oportuno de agradecer  aos torcedores, a principal justificativa da existência do Clube, aos nossos sócios que mesmo diante de tantas dificuldades  compreenderam a necessidade de estarem juntos nos apoiando em cada tomada de decisão, aos nossos atletas, profissionais e funcionários na maior prova que tiveram sobre o real significado da palavra resiliência. Seguiremos firmes fazendo o que estiver ao nosso alcance para driblar os obstáculos que surgirem pelo caminho e na busca incessante por parâmetros de normalidade e de segurança sanitária para todos”, destaca o presidente do Conselho de Administração, Romildo Bolzan.

Na 5ª rodada do returno do Campeonato Gaúcho, entre Grêmio e Ypiranga, no Centro de Formação e Treinamento Presidente Hélio Dourado, “Unidos para o que der e vier” entrará junto em campo, em um cenário que irá priorizar a atmosfera de um jogo “quase normal”. Mesmo estando a 17km da Arena, palco principal de vitórias, alegrias e conquistas, e num ambiente de portões fechados, a presença da torcida será sentida nas arquibancadas, ornadas por faixas e trapos com frases de apoio aos jogadores em campo. Os cânticos também poderão ser ouvidos, agregando mais sentimento à partida. O ponto alto do congraçamento gremista ao retorno de sua atividade fim será com os atletas ligados  a essa corrente,  quando estarão vestindo a camisa oficial de jogo com a frase “Unidos para o que der e vier” estampada às costas, uma contribuição extra ao estado anímico não só dos jogadores, mas principalmente aos gremistas que estarão  torcendo de casa.

Não muito distante do estádio da base gremista e já no mesmo clima está a Arena do Grêmio à espera da retomada de suas atividades com um mosaico pronto para ser formado nas cadeiras do setor leste, destacando o slogan do movimento. Ao todo, 5 mil cadeiras serão envelopadas para recepcionar o time assim que os jogos forem liberados em Porto Alegre.

Além da campanha, o mandatário gremista destaca a realização do jogo no Centro de Treinamento da base também como uma forma oportuna de homenagear a memória do presidente e patrono Hélio Dourado que emprestou seu nome ao  CT de Eldorado do Sul. “A partida dessa rodada se torna ainda mais especial por ocorrer num local que reverencia um dos dirigentes mais emblemáticos da nossa história. O mando de campo do Grêmio sendo levado ao Centro de Treinamento Presidente Hélio Dourado, mesmo que carregado de todo um contexto diferenciado, nos dá a oportunidade de enaltecer o nome desse gremista de legado inspirador.”

Ao longo desses quatro meses de enfrentamento da pandemia, o “Unidos pelo que der e vier” esteve presente em inúmeras manifestações. Entre as principais ações, está o pacote de benefícios aos associados ao Clube, como forma de privilegiar e recompensar aqueles que permanecessem apoiando o Grêmio com as mensalidades em dia. A doação de aproximadamente 10 toneladas de alimentos para as comunidades carentes do entorno da Arena, feita através da arrecadação de cestas básicas em diferentes iniciativas orquestradas pelo Departamento de Responsabilidade Social e por conselheiros do Clube, também fizeram parte do trabalho conjunto de conscientização, apoio e incentivo na tentativa de amenizar os prejuízos causados pelo momento de exceção.

Foto: Luciano Amoretti