Brasileirão

Grêmio vira e vence o São Paulo na Arena

Com gols de Everton, Tricolor venceu de virada o time visitante

26 JUL 2018 21:26 | Atualizado em 26 JUL 2018 21:26 Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense

Na noite desta quinta-feira, o Grêmio encarou o São Paulo, na Arena, em partida válida pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. De virada, venceu por 2 a 1 a equipe paulista.

O jogo não começou favorável para os gremistas, que logo aos 3 minutos da primeira etapa, sofreram um gol, marcado por Diego Souza, depois de falha defensiva. O Grêmio se ajustou e passou a atacar, mas teve dificuldades para criar, visto a forte marcação adversária.

No entanto, nos minutos finais, já aos 47', o Tricolor enfim conseguiu chegar ao gol de empate. Everton  foi para cima de Militão, cortou pra perna direita e chutou forte, sem chances de defesa do arqueiro paulista.

No segundo tempo, as duas equipes fizeram um jogo equilibrado, mas foi o Grêmio quem conseguiu os resultados. Imprimindo melhor o seu ritmo na partida, pressionou e conseguiu a virada. Aos 15 minutos, Everton recebeu passe, driblou a marcação e chutou, mandando pela segunda vez para o fundo das redes. E Cebolinha ainda assinou o  terceiro gol, mas esse foi anulado pela arbitragem por impedimento do atacante.

Renato providenciou suas alterações: tirou Maicon, Leonardo Gomes e Luan para colocar Jailson e Thaciano e Marinho.

Com o resultado, o Tricolor alcança 26 pontos e ocupa a quarta colocação momentaneamente.

 

Primeiro Tempo

A primeira oportunidade criada foi paulista e em cobrança de falta. Nenê alçou a bola na área, mas a defesa gremista fez o corte. Pressionando, no lance seguinte, aos 3 minutos, Everton chutou para a área,  Geromel não conseguiu o desarme e a bola chegou até Arboleda, que só acionou Diego Souza livre. O atacante só teve o trabalho de empurrar para o fundo do gol.

Em resposta, aos 8', em contra-ataque, Maicon serviu Luan no meio, que acionou Everton. O atacante partiu em velocidade pela esquerda, puxou pro meio e finalizou, mas a bola passou à direita do arqueiro adversário.

Com 14', uma grande jogada se desenhou pelo meio. Everton tabelou primeiro com Luan e em seguida com Jael. Recebeu o último passe e entre os zagueiros, finalizou, mas Reinaldo conseguiu mandar a bola a escanteio, impedindo o gol de empate gremista.

Aos 25', o Tricolor teve uma nova oportunidade em falta frontal, próximo a risca da grande área. Jael cobrou, mas mandou na barreira. Em nova jogada pela esquerda, Maicon acionou Marcelo Oliveira, que fez a inversão para Ramiro já dentro da área, mas o meia não conseguiu o domínio e a bola se perdeu pela linha de fundo.

O São Paulo chegou com perigo aos 22', com um cruzamento da direita na área. Everton desviou de cabeça e a bola chegava a Hudson, mas Leonardo Gomes conseguiu o corte pela linha de fundo.  

O Tricolor tentou pela direita, com um cruzamento da direita. Luan tentou o domínio, mas a bola bateu em Arboleda e saiu a linha de fundo. Na cobrança de escanteio, a bola foi colocada na pequena área, Marcelo Oliveira desviou, mas a defensiva conseguiu segurar.

Já aos 37', Cícero lançou Everton na esquerda, que ia dominando dentro da área, mas Sidão saiu do gol para fazer a defesa, desarmando o atacante gremista. Em seguida, agora pela direita, Leonardo Gomes tentou o domínio de um lançamento, mas Everton cortou, mandando a escanteio.

Aos 42', Maicon foi à linha de fundo, fez o cruzamento, mas mandou por sobre a meta de Sidão. No minuto seguinte, foi a vez de Ramiro cruzar na área, Jael chegar, mas não conseguiu a finalização.

O São Paulo quase marcou o segundo em contra-ataque rápido nos acréscimos, quando Diego Souza invadiu a área e ficou cara a cara com Grohe. O atacante cruzou nos pés de Nenê, que chutou com o gol livre, mas Kannemann cortou de carrinho.

Foi nos minutos finais, aos 47', que o Tricolor enfim conseguiu chegar ao gol de empate. Everton  foi pra cima de Militão, cortou pra perna direita e chutou forte, sem chances de defesa do arqueiro paulista.

Jogo finalizou aos 49'.


Segundo Tempo

No primeiro minuto, o São Paulo já obrigou Marcelo Grohe a fazer uma grande defesa, quando Diego Souza finalizou com perigo, mas o goleiro gremista espalmou a escanteio.

O Tricolor chegou aos 5 minutos, com uma jogada trabalhada entre Everton e Luan, mas o camisa 11 acabou escorregando dentro da área, entre a defesa, ao receber o último passe. Em seguida, pela esquerda, Everton fazia jogada individual próximo a linha de fundo, entrando na área, mas a arbitragem assinalou falta do atleta sobre o marcador paulista.

Aos 10 minutos, uma grande chance gremista nasceu pela direita. Leonardo Gomes recebeu na direita e cruzou na pequena área. Por pouco Jael não alcançou.

Outra chance veio aos 13', quando Luan recebeu na esquerda, desceu em velocidade e cortou pro meio. O camisa 7 optou por acionar Ramiro na direita, que recebeu e chutou. A bola explodiu na zaga e saiu a linha de fundo.

Tanto pressionou que o Grêmio conseguiu a virada. Aos 15 minutos, Everton recebeu passe, driblou a marcação e chutou, mandando pela segunda vez para o fundo das redes.

Já aos 27', o terceiro gol surgiu, mas ele foi anulado pela arbitragem. No lance, Everton recebeu um passe de Jael, e chutou para o fundo das redes, mas o atacante estava impedido.

Substituição: Saiu Maicon, entrou Jailson, aos 30'.

O SP tentou com Nenê, que cobrou falta dentro da área, Arboleda cabeceou, mas mandou fraco e Grohe defendeu com tranquilidade.

Substituição: Saiu Leonardo Gomes, entrou Thaciano, aos 36'.

Já aos 37', o Grêmio chegou novamente com Everton, dando um bom passe para Jael, mas o centroavante estava impedido.

Três minutos depois, Jael invadiu a área e chutou com força. Bem posicionado, Sidão fez a defesa e no rebote, Luan chutou por sobre a meta.

Substituição: Saiu Luan, entrou Marinho, aos 44'.

Jogo finalizou aos 50'.

 

Foto: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

 

Grêmio X São Paulo