Responsabilidade Social

Grêmio promove 3ª edição do projeto Jogo Limpo, Bairro Limpo

Ação acontece nesta quarta-feira, na partida entre Grêmio e Flamengo pela Copa do Brasil

31 JUL 2018 14:52 | Atualizado em 31 JUL 2018 17:40 Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense

O Departamento de Responsabilidade Social do Grêmio (DRS), com o apoio de parceiros e voluntários que residem nos bairros do entorno do estádio, está promovendo mais uma edição do projeto Jogo Limpo, Bairro Limpo. A iniciativa tem como objetivo a redução do acúmulo de resíduos no entorno da Arena e conscientização de moradores e torcida sobre a manutenção da limpeza das ruas, calçadas e praças do local.

Para isso, na próxima quarta-feira, no jogo entre Grêmio e Flamengo, válido pela quartas de final da Copa do Brasil, a iniciativa será colocada em prática mais uma vez. Na rampa Sul do estádio haverá uma unidade do Recicla Poa, de onde partirão os voluntários e onde os torcedores poderão despejar o seu lixo, além de contêineres nas demais rampas de acesso. Haverá, também, banheiros químicos distribuídos no entorno da Arena.

De acordo com um dos diretores do DRS, Rodrigo Kandrik, a iniciativa de responsabilidade socioambiental visa, mais uma vez, conscientizar o público envolvido no jogo sobre o descarte correto dos resíduos e a utilização dos sanitários públicos à disposição dos torcedores. “Queremos que todos aqueles não residem no bairro e vêm para assistir o jogo tenham a consciência de que depois que a partida acaba a vida segue por aqui. Não custa nada levar o lixo no lugar correto, nem andar um pouco mais para utilizar os banheiros. Objetivo é que os arredores da Arena estejam cada vez mais limpos após os jogos”. 

O projeto de conscientização conta com os voluntários moradores dos bairros Farrapos, Humaitá e Navegantes, que compõem a Comunidade TRI, e apoio de Grêmio, Arena Porto-Alegrense, Associação das Empresas dos Bairros Humaitá e Navegantes, Centro Universitário IPA Metodista, Prefeitura de Porto Alegre, Saneban, Hotel Laghetto e COMINT.

Duas ações do projeto já foram realizadas. A primeira foi aconteceu no jogo contra o Barcelona de Guayaquil, em 2017, e a segunda na final diante do Lanús, ambas na Libertadores.