Copinha

Grêmio fecha disputa na 52ª Copa São Paulo

Tricolor acabou superado pelo Novorizontino-SP

14 JAN 2022 19:13 | Atualizado em 14 JAN 2022 19:21 Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense

O Grêmio finalizou a disputa na 52ª edição da Copa São Paulo. Na tarde desta sexta-feira, atuando pela terceira fase da competição no estádio Zezinho Magalhães, em Jaú, o Tricolor acabou sendo superado pelo Novorizontino-SP pelo placar de 2 a 1. O gol gremista foi anotado por Cuiabano, já na segunda etapa da partida.

A partida começou de forma equilibrada, com o Tricolor buscando as ações ofensivas. Aos poucos foi chegando pelos lados do campo e pressionando o time paulista, porém a defensiva adversária se virava bem para evitar as jogadas de maior perigo na área, ao mesmo tempo que tentava os contra-ataques.

Aos 13 minutos, em jogada rápida de transição, o atacante paulista recebeu no comando para dar um corte na zaga e chutar rasteiro da entrada da área gremista, ao lado da trave esquerda. Oito minutos depois, após cruzamento da esquerda, a bola foi na segunda trave para a testada cruzada firme do avante do Novorizontino. O goleiro Thiago Beltrame saltou para espalmar e salvar o que seria o gol inaugural do jogo.

A primeira chegada com maior perigo do Tricolor foi em cobrança de falta de Cuiabano, aos 23 minutos. Na batida em curva, o goleiro deu dois passos para trás para espalmar junto ao travessão, para escanteio. Dois minutos depois, Cuiabano arrancou pela esquerda e tentou o chute de fora da área, mas o goleiro encaixou sem problemas.

O Grêmio chegou forte novamente aos 31 minutos. No bate e rebate na área, a bola sobrou para Kauan Kelvin arriscar o chute. O goleiro conseguiu no susto espalmar para frente. A jogada seguiu e Kaká foi derrubado no canto esquerdo da área. A arbitragem não marcou o pênalti e o contra-ataque se desenhou. Em velocidade, o time da casa conseguiu a jogada e Felipe Bertuol mandou para o gol aberto, abrindo o placar. Aos 34 minutos, em jogada individual pelo lado direito, Cauã Santos puxou para o meio e bateu colocado de canhota no ângulo do goleiro Thiago Beltrame que nada pode fazer.

Aos 40 minutos o Grêmio chegou novamente ao ataque para tentar uma reação. O cruzamento da direita teve o desvio de cabeça de Kevin, mas o goleiro encaixou sem problemas no meio.

Na segunda etapa, o Grêmio voltou querendo reverter o que havia acontecido no primeiro tempo. Aos cinco minutos, após boa jogada coletiva, Kaká tentou o arremate na meia-lua e a bola ficou no seu domínio. Logo deu o passe para a esquerda onde entrava em velocidade o lateral Cuiabano. Ele deu o tapa na frente, ingressando na área, e soltou o petardo para afundar as redes e descontar. 2 a 1!

O Grêmio seguiu pressionando em busca do gol de empate. Aos 11 minutos, Rubens foi limpando os marcadores na parte central do campo para soltar a bomba de fora da área, mas o goleiro encaixou sem dar rebote. O Grêmio teve nova oportunidade com Cuiabano, aos 26 minutos. Ele pegou a bola no lado esquerdo, puxou para o meio de fora da área e, de direita, chutou colocado. O goleiro foi no cantinho para desviar e a bola ainda tocar na trave antes de sair para escanteio.

O técnico Luís Eduardo efetuou as últimas trocas na equipe para tentar uma reação. O Grêmio teve volume de jogo e buscou o empate até o último momento, mas não conseguiu o melhor acabamento nas jogadas para igualar o placar até o apito final.

Escalação: Thiago Beltrame; Lucas Kawan, Gustavo Martins, Gustavo Marins e Cuiabano; Pedro Cuiabá (Ronald); Rubens (Arthur Viana), Gabriel Silva (Hiago) e Kaká (Zinho); Kauan Kelvin (Velasco) e Kevin (Messias Teixeira).

Técnico: Luís Eduardo.

Fotos: Renan Jardim/Grêmio

Copa São Paulo - Grêmio x Novorizontino-SP