Sessão Ordinária

Conselho Deliberativo aprecia demonstrativos contábeis em reunião virtual

Clube alcançou superávit líquido de R$ 18,6 milhões no 2º trimestre e R$ 30,4 milhões no semestre; documentos estão disponíveis no Portal da Governança

27 AGO 2020 20:37 | Atualizado em 27 AGO 2020 20:46 Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense

O Conselho Deliberativo do Grêmio se reuniu na noite desta quinta-feira, em sessão ordinária virtual, para examinar os demonstrativos contábeis e financeiros do segundo trimestre de 2020. O acesso aos demonstrativos foi disponibilizado no site do colegiado no último dia 20, juntamente com os pareceres do Conselho Fiscal, da Comissão de Finanças e dos auditores independentes. Durante a reunião, o Conselho de Administração respondeu às perguntas enviadas pelos conselheiros.

A sessão foi aberta às 19h pelo presidente do Conselho Deliberativo Carlos Biedermann, que, após saudação inicial aos conselheiros, convidou o CEO Carlos Amodeo a apresentar os números referentes ao segundo trimestre do ano. Amodeo iniciou a apresentação fazendo uma retrospectiva dos últimos meses, nos quais o Clube aplicou um Plano de Contingência e conduziu uma revisão orçamentária.

Como já publicado no Portal da Governança, em acordo com a política de transparência adotada pelo CA, o Grêmio obteve, no segundo trimestre, uma receita bruta da atividade do desporto de R$ 74,5 milhões, enquanto o custo da atividade foi de R$ 49,4 milhões. O EBITDA, indicador financeiro que representa quanto a instituição gerou de recursos por meio de suas atividades operacionais, descontando impostos, amortização, depreciação e resultado financeiro, foi de R$ 25 milhões e o Clube alcançou um superávit líquido de R$ 18,6 milhões. O Conselho Fiscal e a Comissão de Finanças aprovaram os números relativos ao segundo trimestre.

Nesse contexto, o Clube encerrou o primeiro semestre com receita bruta de R$ 166,9 milhões, custo total da atividade do desporto de R$ 119,6 milhões, EBITDA de R$ 47,3 milhões, culminando, assim, com superávit de R$ 30,4 milhões. Neste superávit está incluída a receita contábil referente a mecanismos de solidariedade de atletas na ordem de R$ 16,3 milhões, conforme previsto nas normas contábeis aplicáveis, embora o efetivo recebimento de tais valores pelo Clube somente deva ocorrer a partir do segundo semestre de 2020. Finalizada a apresentação, o CEO respondeu aos questionamentos enviados pelos conselheiros.

Em seguida, Carlos Biedermann passou a palavra ao vice-presidente do Conselho de Administração e vice de futebol Paulo Luz, que representou o presidente Romildo Bolzan. Sua participação foi precedida por cumprimentos pela vitória da última noite, contra o Caxias, no primeiro jogo da final do Campeonato Gaúcho. Paulo Luz destacou o senso de responsabilidade e diálogo aplicados na administração do Clube, através dos conselhos de Administração e Deliberativo, comissões e conselheiros.

“Os resultados obtidos são fruto de um trabalho qualificado, antecipado. O último jogo que fizemos foi no dia 15 de março e, na segunda-feira, 16, nós estávamos no Conselho de Administração implementando esses planos e trabalhando, no sentido de fazer uma readequação orçamentária e uma recomposição do fluxo de caixa, envolvendo todo o organograma. Esses frutos estão sendo colhidos. Eu fico muito satisfeito. Em nome do presidente Romildo e dos demais vice-presidentes do Conselho de Administração, digo que temos que ter consciência de que essa sustentabilidade gerencial precisa ter prosseguimento, constância de propósitos e comprometimento com essa política. O Grêmio goza de muita credibilidade e prestígio em âmbito nacional e sul-americano. Cumprimento a todos e agradeço pelo apoio, confiança e solidariedade”, disse

Antes do final da reunião, Carlos Biedermann convidou todos os conselheiros a prestar uma homenagem ao vice-presidente Marco Bobsin, falecido no último dia 30 de julho, vítima de sepse abdominal. O presidente do colegiado afirmou que o falecimento de Marcão, como era conhecido, foi “uma perda irreparável” para o Clube e relembrou suas contribuições ao Grêmio.

“Foi ele que fez os movimentos para que a gente pudesse ter a tranquilidade que tivemos nas eleições do ano passado. Essa harmonia que temos hoje se deve muito, muito a Marco Bobsin”, afirmou, passando a palavra ao vice-presidente Paulo Luz, que também fez uma homenagem ao amigo de três décadas.

“Eu quero me solidarizar e reiterar tudo que tu disseste. É um sentimento unânime, de todos os gremistas, dos conselheiros e conselheiras. É um sentimento, e eu falo em nome do presidente Romildo Bolzan, dos demais vice-presidentes. Eu tenho a liberdade, o privilégio de poder falar de um amigo, um irmão, um parceiro, um conselheiro pessoal. Nós éramos amigos há mais de 35 anos. Ele fazia essa forma de vida gremista com alegria, sorrisos, abraços, de forma muito transparente, franca, direta. É um grande vazio, uma grande saudade. E eu, pessoalmente, quero dizer que ele era uma pessoa muito cara”, depôs, emocionado.

A reunião foi encerrada com a reprodução do hino do Tricolor na sala virtual.