Na atividade

Grêmio volta aos treinos de olho na Chape

No G-4, Tricolor depende apenas de si para se manter na zona de classificação à Libertadores

08 NOV 2019 17:00 | Atualizado em 08 NOV 2019 17:07 Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense

Horas depois de vencer o CSA por 2 a 1 na Arena, na última noite, o grupo do Grêmio voltou ao CT Luiz Carvalho nesta tarde e iniciou os trabalhos para o jogo contra a Chapecoense, domingo, em Chapecó. Pela primeira vez no G-4 nesta edição do Brasileiro, o Tricolor tem agora o compromisso de manter a posição e avançar em direção ao objetivo de ir direto à fase de grupos da Libertadores 2020. Para o jogo, Renato não conta com Maicon e Cortez, suspensos por terceiro amarelo.

Os atletas que participaram da maior parte da vitória sobre os alagoanos ficaram apenas no vestiário, fazendo trabalhos de recuperação na academia e na fisioterapia. Em campo, Pepê e Patrick, que entraram durante o jogo, fizeram uma atividade em campo reduzido com os demais. As avaliações do departamentos Médico e de Fisiologia indicarão se algum jogador deve ser preservado contra a Chape por desgaste excessivo. Caso todos tenham condições, Renato só mudará o time na lateral esquerda, ingressando Juninho Capixaba e no meio, com o provável ingresso de Rômulo na vaga de Maicon. Rômulo, por sinal, não fez o trabalho dessa tarde. O meio campista apenas correu ao lado de Michel.

A definição do time acontece na manhã deste sábado, ainda em Porto Alegre. Depois do treinamento os jogadores almoçam no CT e se dirigem ao aeroporto Salgado Filho. A viagem para Chapecó, em voo fretado, acontece às 14 horas. O jogo contra os catarinenses está marcado para as 19 horas de domingo, na Arena Condá. Uma vitória mantém o Grêmio à frente do São Paulo, hoje rival direto na briga pela quarta posição. 

Depois da atividade, o goleiro Phelipe Megiolaro, que renovou contrato nesta manhã, concedeu entrevista coletiva à imprensa. A íntegra está disponível abaixo.

Fotos: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Treino Grêmio 08/11/19