Incentivo

Escola Conveniada cria projeto de leitura na Bahia

Iniciativa foi desenvolvida pelo professor e educador físico, Anderson Balestra

16 AGO 2018 16:10 | Atualizado em 16 AGO 2018 16:46 Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense

A Escola Conveniada do Grêmio, Projeto Social Balestra de Futebol, de São Sebastião do Passé, Região Metropolitana de Salvador, tornou-se referência para muitas outras escolas de futebol, após a divulgação do projeto de leitura desenvolvido pelo professor e educador físico Anderson Balestra.

O treinador, gaúcho e gremista, mudou-se para São Sebastião do Passé em 2010 e ao perceber que no município não havia incentivo à educação e ao esporte, abriu uma Escola Conveniada do Grêmio em 2014. Desde lá passou a estimular seus alunos a dedicarem-se na escola, através da obrigatoriedade da leitura de livros e da apresentação dos boletins escolares. Essas são algumas das exigências para participarem do projeto social.

Atualmente, a Escola não possui auxílio da Prefeitura e atende cerca de 35 alunos, com idade entre 11 e 16 anos. Os atletas precisam compartilhar os livros com os colegas através de resumos das leituras realizadas em um grupo no aplicativo de conversas WhatsApp. Além da prática de futebol e do bom rendimento nos estudos, Anderson ainda acredita que a preservação da história do Grêmio é importante para a Escola e seus alunos, buscando a formação de cidadãos, em primeiro lugar, e futuros atletas.

Confira a reportagem feita pelo Bom Dia Brasil sobre o projeto social Balestra de Futebol clicando aqui.